É cada vez maior o número de pessoas que querem organizar suas finanças de uma vez por todas. Afinal, colocar as contas em dia não é tão difícil quanto possa parecer.

Confira neste artigo 8 dicas que vão ajudar você a cuidar corretamente das suas finanças pessoais.

1. Evite os parcelamentos

As compras a prazo, muitas vezes por impulso, são inimigas em potencial das finanças pessoais. Quem parcelar uma compra tem a falsa impressão de que está pagando menos pelo produto, quando na verdade está comprometendo o seu orçamento para os meses seguintes.

O ideal, para manter as finanças pessoais sob controle, é economizar para comprar à vista. Além de fugir dos juros e, ao mesmo tempo, ter condições de negociar um bom desconto, você evita que a sua renda futura seja comprometida.

2. Monitore os gastos regularmente

Para cuidar das finanças pessoais, você deve cultivar o hábito de monitorar os gastos regularmente. Com isso, terá um controle maior de seu orçamento, detectando excessos e melhorando seus hábitos de consumo.

Anote todos os seus gastos e reserve um tempo para avaliar os resultados. A premissa é garantir que os gastos não superem a renda mensal. Dependendo dos objetivos, é possível ir além e traçar metas de economia com base nas informações.

3. Acompanhe suas finanças pessoais com a ajuda de apps

Ainda que muitas pessoas se apoiem na desculpa de que dá muito trabalho acompanhar de perto as finanças, a tecnologia pode ser sua grande aliada para colocar de vez as contas em dia.

Existem ótimas alternativas no mercado, muitas delas gratuitas, tanto para Android quanto para iOs. Você pode testar quantas quiser até escolher uma ferramenta que te deixe mais à vontade para controlar as finanças.

4. Adquira o hábito da pesquisa

Se as pessoas soubessem como os preços podem variar em estabelecimentos da mesma região, não deixariam de pesquisar antes de sair às compras. Com um pouco de paciência, é possível conseguir uma economia considerável.

Outra vantagem da pesquisa, combinada com o hábito de utilizar listas de compras, é conseguir evitar as compras por impulso, já que você sai de casa sabendo exatamente o que deve comprar. É preciso apenas manter a disciplina e se ater ao que foi proposto.

5. Evite o crédito fácil

Você já percebeu que as opções mais acessíveis de crédito são sempre as mais caras? Não é à toa que o crédito rotativo e o cheque especial, que as pessoas costumam usar quase que ao natural, cobram juros que estão entre os mais altos do mundo.

A melhor opção seria não precisar contratar uma operação de crédito, mas se não houver outra saída, pesquise por alternativas mais baratas. O empréstimo consignado, ou mesmo o pessoal, são opções menos caras e, como podem ser parceladas por um bom período, pesam menos no orçamento.

Se você já está endividado, cogite a possibilidade de vender algum bem para quitar a dívida, ou até mesmo substituí-la por outra mais barata.

6. Aprenda a investir

A partir do momento em que você coloca as contas em dia, os recursos começam a aparecer. Aprenda a investir e coloque o dinheiro para trabalhar para você.

Atualmente, existem conteúdos de ótima qualidade em sites especializados e canais do youtube, que estão ao alcance de todos. Dedique um tempo para se dedicar ao aprendizado e busque investimentos que se encaixem ao seu perfil.

7. Trace planos

A vida se tece de sonhos. Não faz sentido economizar e investir apenas para acumular dinheiro. Coloque seus objetivos no papel, reúna a família e trace planos. Seja qual for seu projeto de vida, use-o como combustível para cuidar melhor das finanças pessoais.

8. Busque uma renda extra

Se é cada vez mais difícil cortar gastos, buscar uma renda extra pode ser a solução. Você pode aproveitar suas habilidades com freelancer nas horas livres ou fazer dinheiro com uma loja virtual, trabalhando por conta própria e vendendo produtos de qualidade.

Manter as finanças pessoais em dia não é tão difícil, mas exige uma boa dose de disciplina. Então, é hora de colocar a mão na massa!

Gostou do artigo? Aproveite para curtir nossa página no Facebook e ficar por dentro de outras novidades